Prevenção

Terapias Intensivas na Reabilitação Neurológica

Silvia Tessaro

A reabilitação neurológica é uma especialidade dentro da fisioterapia que permite o paciente com lesão neurológica atingir a aprendizagem motora adequada para as atividades de vida diária. Para alcançar essas ativações com efetividade, o sistema nervoso central necessitará de grande quantidade de repetições e variabilidade de movimentos para permitir ampliar o repertório motor e controle postural mais adequado para suas funções. Estímulos adequados e intensos são importantes para promover mudanças fisiológicas, assim como a consolidação de marcos motores que sejam mantidos mesmo após término de cada tratamento. Neste contexto e conforme encontramos em literatura científica, as terapias intensivas facilitam a aprendizagem e controle motor no processo de reabilitação neurológica ao favorecer maior ganho de força, equilíbrio e coordenação pelo aumento do imput sensório-motor ampliando assim os resultados obtidos.
A duração varia entre 2 a 3 horas diárias com frequência de 5 vezes por semana durante 4 semanas com programa individualizado para cada paciente, utilizando acessórios como roupas proprioceptivas e de alinhamento, calçados ortopédicos, caixas, roldanas ou equipamentos como plataforma vibratória, esteira, entre outros, tudo o que for necessário para o melhor desenvolvimento do potencial terapêutico.
O fisioterapeuta irá elencar o programa especializado para atingir um melhor fortalecimento, alinhamento e ativação muscular. Os estímulos dados e as respostas alcançadas, se estendem por mais 6 semanas após o término dos intensivos.
Cada paciente apresenta uma necessidade e objetivo funcional específico e, por isso, os tratamentos são guiados por uma avaliação inicial muito minuciosa e completa. Ampliar as informações que chegam ao cérebro trazem grandes benefícios, porém quando estes estímulos intensos são inadequados ou errados geram grandes repercussões negativas e, por vezes, irreversíveis no processo de reabilitação de cada criança ou adulto. A escolha da equipe que irá realizar o tratamento é item primordial, os profissionais que acompanham seu filho ou familiar precisam acreditar no potencial que eles apresentam e buscar em conjunto com a família os melhores resultados possíveis.
Quanto maior o estímulo, maior será a resposta, portanto em conjunto com os tratamentos intensivos são recomendados exercícios domiciliares continuados que fazem parte do processo terapêutico e são responsáveis por potencializar os resultados. Paciente e família com maior comprometimento possuem maiores possibilidades de resultados. Por isso, comece hoje a estimular e desenvolver seu filho e familiar. Busque orientações adequadas para iniciar e continuar sempre!

 

facebook/siltessaro
@clinicasilviatessaro

45 3227-1389
Rua Rio de Janeiro, 729, Cascavel-PR